terça-feira, 17 de maio de 2011

LIVRES DA PREOCUPAÇÃO






LIVRES DA PREOCUPAÇÃO
"Versículo do dia: “Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, 

porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal”. (Mt 6.34)"
Livre-se das tensões e preocupações da vida diária reservando alguns 

momentos para estar a sós com Deus.
Neste tempo solitário de comunhão e oração, longe das pressões 

e de toda agitação, Ele falará ao seu coração das preciosas promessas 

que tem para a sua vida.
Abra a Bíblia e medite nas palavras que Ele disse.“A ansiedade no coração 

deixa o homem abatido, mas uma boa palavra o alegra” (Pv 12.25).
O apóstolo Paulo cria que nada deveria afetar a paz em nosso coração. 

Ele disse que deveríamos usar, imediatamente, o recurso da oração,

caso algum mal nos sobreviesse tentando nos afligir ou nos perturbar.
“Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições 

sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração” (Fp 4.6).
Segundo Paulo, a oração é uma arma espiritual poderosa.
Através dela nós podemos liberar toda a inquietação e ansiedade 

de nossas almas e desfazer o seu domínio sobre nós.
“Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de 

amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal” (v.34).
Estas palavras não são de Paulo.
Muito antes de o apóstolo perceber o mal que a ansiedade poderia

provocar em nossas vidas, Jesus Cristo afirmou aos seus discípulos:

“Não andeis, pois, ansiosos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, 

ou com que nos vestiremos?
De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas” (vs.31,32).
O tom imperativo com que Jesus falou estas palavras nos faz pensar em um mandamento 

e não em uma sugestão.
É fácil saber o quanto esta preocupação irá durar: 

o tempo de você se convencer que é preciso orar!
Livre-se agora mesmo das tensões.
O segredo da vida cristã vitoriosa é aprender a descansar 

em Deus e a confiar em Sua vontade de forma tranqüila e submissa.
Livre-se da preocupação “lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, 

porque ele tem cuidado de vós” (1Pe 5.7).


Autor: Reinaldo Keller

domingo, 15 de maio de 2011

A Lição do Rato...






Um rato, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro 
e sua esposa abrindo um pacote. 
Pensou logo no tipo de comida que haveria ali. 
Ao descobrir que era ratoeira ficou aterrorizado. 
Correu ao pátio da fazenda advertindo a todos: 

- Há ratoeira na casa, ratoeira na casa !! 

A galinha: 

- Desculpe-me Sr. Rato, eu entendo que isso seja um 
grande problema para o senhor, mas não me prejudica
 em nada, não me incomoda. 

O rato foi até o porco e: 

- Há ratoeira na casa, ratoeira ! 

- Desculpe-me Sr. Rato, mas não há nada que eu possa fazer, 
a não ser orar. Fique tranqüilo que o Sr. será lembrado 
nas minhas orações. 
O rato dirigiu-se à vaca e: 

- Há ratoeira na casa! 

- O que? Ratoeira? 

Por acaso estou em perigo? Acho que não! 

Então o rato voltou para casa abatido, para encarar a ratoeira. 

Naquela noite, ouviu-se um barulho, 
como o da ratoeira pegando sua vítima.. 
A mulher do fazendeiro correu para ver 
o que havia pego. No escuro, ela não 
percebeu que a ratoeira havia pego a
cauda de uma cobra venenosa. 
E a cobra picou a mulher... 
O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital.
Ela voltou com febre.














Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja de galinha
O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal. 
Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la. 
Para alimentá-los, o fazendeiro matou o porco
A mulher não melhorou e acabou morrendo. 
Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca, para 
alimentar todo aquele povo. 



Moral da História: 
Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e 
acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que quando há uma 
ratoeira na casa, toda fazenda corre risco. 



O problema de um, é problema de todos!

sábado, 14 de maio de 2011

SALMO DE AGRADECIMENTO





SALMO DE AGRADECIMENTO E LIVRAMENTO.

O Senhor é a minha rocha, o meu escudo e o meu libertador.
Pelos vales escuros e sombrios desta vida Ele me preserva
e me salva.
Nos momentos de maior perplexidade, Sua mão me guia
e me conduz.
Na angústia, Se faz consolo, na dor o Bálsamo de Gileade!
Meu Deus é tão grande, tão forte e poderoso!
Ele não permite que meus inimigos me destruam
e nem que a tristeza me consuma.
Deus ouviu meu grito de socorro, quando tudo parecia perdido, 
Deus se faz presente nos momentos de tribulação.
A Deus todo louvor, toda glória e toda honra.
Ele mantém sua criação e a faz modelo de seu poder.
O Criador dos céus e da terra subjuga seus inimigos e os 
leva por presa por causa de sua desobediência.
Mas a descendência do Senhor Ele os livra e os guarda. 
O Deus de nossos pais é refúgio e fortaleza, debaixo de suas asas,
me sinto acolhido e livre da tentação.
Nos Seus mandamentos encontro alegria e orientação,
caminho firme para andar e terreno seguro para meus pés.
Seu amor dura para sempre, sua promessa é duradoura
e alimento para minha alma.
Deus é tremendo e cumpre seus desígnios,
sei que meus olhos o verão e minha alma se
compraz na certeza do encontro com Salvador.



Guarulhos  13 de Maio de 2011 – 08:45.